Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 18, 2017

Prefeitos Brasil afora cortam gastos para driblar a crise...

Para driblar a crise econômica o poder público tem que cortar na própria carne para evitar que as contas entrem no vermelho.
Prefeituras de todo o Brasil têm tomado iniciativas para diminuir custos básicos, desde economia com água, luz, telefone e combustível, cancelamento de eventos festivos, até demissão de servidores e redução de expediente e salários.
Vejam algumas medidas tomadas pelos prefeitos Brasil afora:
Em Diamantina, no Vale do Jequitinhonha, as unidades das administrações direta e indireta do município funcionam em horário reduzido, das 12h às 18h, desde o início desta semana. Antes, o expediente começava às 9h.
O prefeito de Itajaí adotou várias medidas: Exoneração de até 20% do quadro de servidores comissionados;  Redução de 30% nos subsídios do Prefeito e de até 20% no subsídio e vencimentos de servidores em cargos comissionados; Devolução dos automóveis a serviço do Prefeito e do Vice;Cancelamento e devolução dos celulares funcionais.

Os chefes dos executivos municipais da…

Presidente da CNM diz que decreto por calamidade financeira não tem amparo legal...

O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, líder municipalista apresentou um estudo feito pela entidade mostra que 32 Prefeituras publicaram decreto de calamidade financeira. Ziulkoski reiterou os problemas que os Municípios enfrentam com as constantes reduções em repasses feitos pelo governo federal para o custeio de programas essenciais para a população. Ele demonstrou pessimismo sobre uma possível reação na economia neste ano. 
Eu acho que 2017 vai ser pior que 2016. A União não nos dá atenção. Só sabe transferir responsabilidades. São 390 programas que os Municípios assumiram junto aos cidadãos. E essas despesas, que são de responsabilidade das Prefeituras, não têm como alterar”, disse.
O presidente da CNM lembrou que o estudo apresentado pela CNM sobre os 32 Municípios que decretaram calamidade financeira possui caráter apenas formal e serve para comunicar a sociedade sobre a difícil situação nos Entes. Ele ressaltou que esse tipo de medida não sign…

Governo do Estado vai contratar 700 agentes penitenciários temporários e convocar reservistas da PM...

Governo do Estado definiu medidas emergenciais para debelar crise na Penitenciária de Alcaçuz. Os pontos foram definidos em reunião realizada na manhã desta terça-feira (17), no Gabinete Civil. Entre as ações, a contratação de 700 agentes penitenciários temporários; a construção de obstáculo dividindo os pavilhões 4 e 5 de todos os demais; aplicação de brita e asfalto no perímetro externo da penitenciária e o encaminhamento do anteprojeto de lei para convocação de reservistas para o serviço ativo da PM. Estão designados para execução das medidas emergenciais as secretarias de Segurança, Justiça, Administração, Infraestrutura, PGE, CGE, DER-RN, PMRN e Gabinete Civil.

Parcelas do seguro-desemprego com reajuste já estão disponíveis para saque...

As parcelas do seguro-desemprego com valores reajustados estão disponíveis para saque a partir desta terça-feira (17). O Ministério dol Trabalho liberou hoje o lote de pagamento do reajuste com base no salário mínimo e na variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). A maior parcela que o trabalhador pode receber passou de R$ 1.542,24 para R$ 1.643,72. A menor parcela não pode ser inferior ao mínimo de R$ 937,00. Devido ao grande volume de pagamentos entre os dias 11 e 22 de janeiro, o Ministério definiu que os benefícios serão liberados pelas agências da Caixa Econômica Federal de acordo com o número final do PIS do beneficiário. Quem tiver o número do PIS terminando em 1 e 2 pode fazer o saque a partir desta terça-feira (17). Aqueles trabalhadores que tiverem o documento com final 3 e 4, a partir do dia 18 de janeiro. Trabalhadores com PIS com final 5 e 6, no dia 19 de janeiro. Sete e 8, no dia 20 de janeiro. E aqueles com PIS terminando em 9 ou 0, no dia 21 de janeiro.