Postagens

Mostrando postagens de Setembro 13, 2011

CNSC em 1º no ENEM...

O INEP divulgou na manhã desta segunda-feira (12) as notas do ENEM 2010. Das escolas de Nova Cruz o Colégio de Nossa Senhora do Carmo obtve a maior média.
A partir das notas médias das escolas, a Folha calculou três faixas de desempenho no Enem. As mesmas faixas foram usadas para classificar os Estados e as escolas.

Acima da média - A partir de 554,06

Dentro da média -  Entre 520,01 e 554,06

Abaixo da média - Até 520,01

Colégio Nossa Senhora do Carmo ( Nova Cruz ) -  Média: 565,81 (Acima da média)

Colégio Rogério de Souza Alves ( Nova Cruz ) - Média: 532,87 (Dentro da média)
Escola estadual Rosa Pignataro ( Nova Cruz ) -  Média: 499,64 (Abaixo da média)
Entre as escolas potiguares, aquelas com notas mais altas foram CEI, IFRN Mossoró, Colégio Ciências Aplicadas, IFRN Natal – Campus Central, Salesiano São José, IFRN Currais Novos, Marista, IFRN Natal - Campus Zona Norte, Henrique Castriciano.

No quadro geral do RN o CNSC foi o 76º, o CRSA ficou em 113º e a EERP 235º.

CLICK AQUI E VEJA A CLASSIF…

Escolas públicas "reprovadas" ...

 Responsáveis por 88% das matrículas do ensino médio do país, as escolas públicas são maioria entre as que ficaram com nota abaixo da média nacional no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2010. Entre os estabelecimentos de ensino que tiveram desempenho inferior à média nacional na prova objetiva (511,21 pontos), 96% são públicos. Esse dado descarta os colégios que tiveram participação inferior a 2% ou com menos de 10 alunos inscritos e, por esse motivo, não recebem uma nota final.
No total, 63% das escolas que participaram do Enem no ano passado ficaram com desempenho inferior à média nacional.
Considerando apenas as escolas com alto índice de participação no Enem (mais de 75% dos alunos), apenas uma pública está entre as 20 melhores do país: o Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Viçosa (UFV). A média obtida pela escola mineira foi 726,42 pontos, levando em conta a média entre a prova objetiva e a redação.
Fonte: dnoline

Mandato de dois anos para prefeitos...

A Comissão Especial da Reforma Política adiou para o dia 13 de setembro o prazo para que os deputados apresentem, no colegiado, emendas ao anteprojeto do deputado Henrique Fontana (PT-RS). Com isso, a votação do relatório final foi transferida para o dia 21. Os prazos anteriores eram os dias 9 e 14 de setembro, respectivamente.
Na reunião desta terça-feira para debater o anteprojeto, os deputados continuaram a marcar divergência em relação ao anteprojeto de Fontana. Um dos mais incisivos foi o deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), que cobrou a coincidência de mandatos, a janela para mudança partidária e mudanças nas regras das federações partidárias e financiamento público apenas para a lista fechada preordenada.
Em relação à coincidência de mandatos, o deputado do Piauí sugeriu que os mandatos dos prefeitos e vereadores eleitos em 2012 sejam de apenas dois anos, para que haja a coincidência, em 2015, da posse de todos os cargos eletivos obtidos em 2014.