Postagens

Mostrando postagens de Março 23, 2011

Faces e Facetas...

Imagem
Não é novidade para ninguém que a política brasileira atual está recheada de cinismo e deboche.
Hoje em dia, mais do que em outros momentos históricos, nega-se o óbvio sem maiores pudores, mente-se a todos sem vergonha alguma, confia-se na impunidade como na certeza da morte e trata-se a opinião pública como inexistente, pois acredita-se na máxima que brasileiro tem memória curta.
Alguns caracterizam como cinismo, outros chamam de deboche. Tudo vai sendo feito com a cara e a coragem, mas na realidade, não passa de quem não adquiriu uma identidade com o povo e vive em conflito com sua própria ideologia.
Obviamente não seria melhor se as atitudes que contrariam a ética fossem empreendidas por debaixo dos panos. Mas quando era assim que as coisas aconteciam, pelo menos havia vergonha.
Por fim, cito uma frase de um gênio da literatura brasileira:
“O mundo estaria salvo se os homens de bem tivessem a ousadia dos canalhas” (Nelson Rodrigues)

Reforma política...

Comissão do Senado aprova fim de coligações em eleições proprocionais.
A Comissão Especial de Reforma Política do Senado aprovou na noite desta terça-feira (22) o fim das coligações partidárias nas eleições proporcionais. De acordo com informações da Agência Senado, dos 18 senadores que se manifestaram, apenas um foi a favor da manutenção das coligações.
São eleitos pelo sistema proporcional os vereadores e os deputados estaduais, distritais e federais. Pela modalidade, o número de votos de todos os candidatos da coligação é somado e, a partir daí, é feita a divisão de cadeiras para a coligação.
Apesar dessa aprovação, a Comissão ainda não se decidiu sobre como será a eleição para os cargos atualmente decididos pelo sistema proporcional.
Na próxima terça (29), os senadores devem se decidir pelo sistema para a eleição dos vereadores e deputados, que deve incluir debate sobre o voto em lista fechada (quando o partido define os candidatos) e o voto distrital (quando o país é divido em distri…

Prefeitos criticam fim dos convênios...

Do dnonline:
O cancelamento de 222 convênios celebrados entre o governo do estado e os municípios deve tirar o sono da maioria dos prefeitos do Rio Grande do Norte. Na tarde de ontem, o presidente da Federação dos Municípios dos RN (Femurn), Benes Leocádio (PP) concedeu entrevista coletiva à imprensa, contestou as acusações de que os prefeitos estariam fazendo "farra" com o dinheiro público e declarou que a atitude da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) prejudicou a população de 100 cidades do interior. Na semana passada, o governo, por meio de decreto publicado no Diário Oficial do Estado, encerrou os contratos firmados nas gestões de Wilma de Faria (PSB) e Iberê Ferreira de Souza (PSB), alegando que seriam irregulares e que foram usados em benefício da candidatura de Iberê.
De acordo com Benes - prefeito de Lajes, um dos municípios prejudicados- os contratos foram firmados em 2008, 2009 e 2010, argumento que, para ele, anula as acusações feitas pelo governo de que tais contra…