Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 12, 2010

Nova Cruz: Plano de Cargos e Salários para o magistério será aprovado amanhã...

Imagem
Terminou agora há pouco na Escola Municipal Nestor Marinho uma assembléia convocada pelo SINTE-RN regional de Nova Cruz para "explicar" aos professores da rede municipal como se deu as negociações com a Secretaria Municipal de Educação para a aprovação do Plano de Cargos e Salários para o município.
Além dos professores o vereador Nia Salú também esteve no local para tomar conhecimento do texto que chegará a mesa da Câmara Municipal para "apreciação", votação e aprovação, na manhã da próxima quarta-feira (13).
Dentre vários pontos polêmicos, os representantes do SINTE, tiveram dificuldades em explicar o porque do fim da "gine" (percentual de gratificação para os professores que cursam faculdade particular), a não contemplação no plano das eleições diretas para diretores...
Pórem o ítem que apresentou maiores índices de dúvidas foi a tabela de aumento dos professores entre as classes e os níveis.
Em suma, o Plano de Cargos e Salários vai ser aprovado conforme …

TERRA VOLTA A TREMER NO RN

Imagem
Um novo tremor registrado pelo Laboratório de Sismologia da UFRN por volta das 13h na segunda-feira gerou pânico em vários municípios do Rio Grande do Norte. De acordo o sismólogo Joaquim Ferreira, o tremor alcançou 3,8 pontos na escala Richter - índice considerado alto em termos locais e capaz de provocar danos em edificações.

No último sábado, houve o primeiro abalo, de menor magnitude. O tremor foi sentido em diferentes pontos do estado.

O terremoto pode ser definido como um tremor de terra que pode durar segundos ou minutos provocado por movimentos na crosta terrestre, composta pelas placas tectônicas. Os terremotos são classificados principalmente pela escala de Richter. Embora não tenha limite máximo, é possível afirmar que terremotos com magnitudes de 3.5 ou menos são raramente percebidos; de 3.5 a 6.0 são sentidos e causam poucos danos; entre 6.1 e 6.9, podem ser destrutivos e causar danos em um raio de cem quilômetros do epicentro; entre 7.0 e 7.9, causam danos sérios em área…

Eleições 2010: Robinson Faria ainda não é da oposição...

Imagem
Mesmo com todas as evidências, o deputado Robinson Faria ainda não confirma que já faz parte do grupo oposicionista ao governo Wilma.
Em constantes conversar com o grupo liderado pelo senador José Agripino, o presidente do Legislativo Potiguar reafirmou ter grande afinidade com a governadorável Rosalba Cialini, porém sua definição política para 2010 só acontecerá depois de uma consulta as bases.

“Informei à senadora e ao grupo de oposição que iniciaria hoje as conversas e vou acatar o que o grupo indicar. Não posso dizer que abri mão da candidatura, porque ainda vou consultar as bases, mas não pode ser uma decisão particular, pessoal minha, e sim de todos que participam da minha vida pública.”

Quando ao distanciamento da base aliada do governo Wilma de Faria, Robinson declarou que o afastamento partiu do próprio Executivo, que teria privilegiado a candidatura de Iberê Ferreira (PSB) ao governo do estado.
“Não me distanciei de ninguém. O governo que se distanciou de mim. O governo já fez …

IBERÊ A PROCURA DE UM VICE...

Confirmado como o candidato governista à sucessão da governadora Wilma de Faria, o vice-governador Iberê Ferreira procura um vice com densidade eleitoral que possa ajudar a alavancar sua candidatura.

Dois nomes povoam a cabeça de Iberê como candidatos a vice dos seus sonhos: o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves e o deputado federal João Maia.

Iberê acredita que João ou Carlos agregaria votos a sua candidatura.

João Maia tem um partido organizado, o PR, e lidera vários prefeitos, já Carlos Eduardo tem em Natal e na Grande Natal sua principal base eleitoral. E é uma região em que Iberê não tem um bom desempenho eleitoral.

Agora é aguadar para saber se a disputa será Rosalva e Robinson vesus Iberê e (João Maia ou Carlos Eduardo).

Façam suas apostas...

AVALIAÇÃO DO PROFESSOR: O municipio está preparado?

O MEC sugere que professores da rede pública seja avaliado, mas para que isto aconteça, o próprio MEC faz várias exigências aos municípios para só depois passar a avaliar o professor.

Será que a prefeitura municipal de Nova Cruz, através da secretaria municipal de educação, já cumpriu as exigências do MEC para propor a avalição para os professores de rede municipal agora em 2010?
Abaixo apresentamos parte da reportagem da Folha Online, de abril de 2007, onde o assunto foi discutido. (Leia e analise, caro colega professor).
O Ministério da Educação exigirá dos municípios com piores indicadores educacionais que os professores da rede pública passem por avaliações de desempenho e que, antes de serem efetivados, façam um estágio probatório para verificar se têm condições para o cargo.
Mas para a presidente do Consed (conselho que reúne os secretários estaduais de educação), Maria Auxiliadora Seabra Rezende, afirma que o desafio é "criar uma avaliação justa, que não seja punitiva nem mera…